sexta-feira, 14 de Dezembro de 2012

Diz que é uma espécie de carbonara...

Tinha pensado em fazer um ensaio com massa e farinheira e fui dar com uma preparação do Luís, de fevereiro do ano passado que me tentou pela simplicidade e assertividade. Tinha que a fazer :)


Meia farinheira esmagada com as mãos e salteada em azeite, um pouco de esparguete cozido e escorrido, tudo envolvido a que juntei um ovo batido, uma colher de sopa de queijo da ilha ralado e um pouco de salsa picada, voltando a envolver fora do lume. Simples, simples, simples. E muito bom.

3 comentários:

  1. Já experimentei, também com inspiração no Luis, e é verdadeiramente fabulosa! :)

    ResponderEliminar
  2. Tu e o Luís são dois grandes senhores na cozinha, cada um à sua maneira, mas com algumas sintonias maravilhosas...
    Terei de experimentar esta que me está a dar água na boca.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Que pena (e que exceção à coincidência de gostos domésticos) eu detestar farinheira ;-) No cozido, é sempre tachinho à parte para a morena.

    ResponderEliminar